* DÁ FORMA A UM ESTILO DE VIDA SAUDÁVEL *

5 dicas para uma alimentação saudável em família!

5 dicas

© Imagem retirada do livro “Crianças Saudáveis, Famílias Felizes”

Ter uma alimentação saudável não é tarefa fácil nos dias de hoje, sobretudo quando não vivemos sozinhos e temos uma família com gostos e idades diferentes para agradar. Sim, porque ninguém muda de hábitos de alimentação se não tiver como alternativa algo melhor e mais saboroso do que já conhece.

Partilho cinco dicas fáceis de aplicar na nossa vida e na dos nossos filhos que ajudarão na mudança de hábitos e adoção de uma alimentação saudável.

Dica 1:

A primeira dica é para todos os pais que têm filhos sem fome ao pequeno-almoço… assim como muitos de nós já aprendemos a fazer com a roupa, ao escolhe-la na noite anterior para evitar discussões matinais, procure a ajuda dos seus filhos, para juntos prepararem de véspera um overnight para o pequeno-almoço do dia seguinte. A vontade de os provar vai ficar no subconsciente e é quase certo que vão acordar com um apetite diferente do habitual.

O overnight é uma mistura de iogurte ou leite vegetal com ou sem chia, à qual se junta fruta e granola, ou em vez disso, uma variedade de frutos secos. Encontra várias receitas no livro “Crianças Saudáveis, Famílias Felizes”, meu e de Luísa Fortes da Cunha, do blog My Casual Brunch, editado pela Lua de Papel, do Grupo Leya.

Dica 2:

Como controlar o sal nas refeições principais em família?

As especiarias e as ervas aromáticas fazem milagres e são sempre uma boa opção quando queremos retirar ou diminuir a quantidade de sal das principais refeições. O caril, quer seja de frango, peixe, camarão ou de legumes, é uma boa opção onde pode aplicar esta regras e vai ver que resulta!

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), sabemos se um alimento tem baixo teor de sal, se o rótulo não contiver mais de 0,3g de sal por 100g ou 100ml.

No caso da sopa e prato de refeição, a mesma entidade, define que a quantidade de sal presente deve ser inferior ao valor de referência de 0,2g de sal por 100g de alimento. Mas neste caso já é difícil quantifica-lo, daí ser tão complicado controlar a ingestão de sal no dia a dia de todas as pessoas que têm por hábito comer sopa às refeições.

Dica 3:

Uma dica para todas a mães e pais que não têm tempo para… pensar nas refeições da semana para toda a família. No livro “Crianças Saudáveis, Famílias Felizes” vai encontrar um plano semanal saudável, validado pela autora do prefácio, Joana Ávila, licenciada em Ciências da Nutrição, que os ajudará a organizar a semana, sem perder muito tempo, e com o descanso de mental de estarem a fazer uma boa alimentação e a partilhá-la com toda a família.

 Dica 4:

Como “ensinar” as crianças a gostarem de sumos de fruta?

Para todas as crianças que já gostam de batidos de fruta, basta substituir o leite por chuchu, acrescentar banana, doce e fresca, o ideal é estar congelada, e bater muito bem com um pouco de água. Esta é uma forma muito prática de dar fruta e legumes crus logo pela manhã aos nossos filhos.

Dica 5:

Como controlar a fome voraz por doces e junk food que as crianças têm quando chegam da escola?

Prepare um tabuleiro, tábua de madeira ou travessa com vários tipos de fruta que se coma à mão, legumes (cenouras, pepino), queijos frescos, pão ou tostas, frutos secos, e vai ver que só pelo aspeto ficam 50% saciados, a outra metade fica resolvida ao provarem tudo o que têm à frente.

Segundo a OMS, um alimento com baixo teor de açúcar não poder conter mais de 5g de açúcares por 100g para os sólidos ou de 2,5g de açúcares por 100ml para os líquidos. Lançamos o desafio de contabilizarem o número de alimentos encontrados no supermercado, durante os primeiros 30 minutos, com uma destas composição de açúcares na tabela nutricional. Deixamos só mais uma dica, comece por procurar nas prateleiras do topo ou a que estão junto ao chão.

No livro “Crianças Saudáveis, Famílias Felizes”, nas livrarias desde o dia 13 de Junho, vão encontrar muitas outras opções e inspiração para adotar novos hábitos de alimentação que vão permitir um estilo de vida saudável do agrado de toda a família.

It’s Up to You!

Raquel

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

code