* DÁ FORMA A UM ESTILO DE VIDA SAUDÁVEL *

Crepes de Espinafres “Sem Glúten”

Processed with VSCOcam with f2 preset

Estava para fazer estes crepes há muito tempo, mas faltava a parte mais importante, a receita. A primeira vez que os provei foi na “Música do Salão“, conceito inovador da minha amiga Patrícia Vasconcelos , onde canta e encanta, cozinha, tudo saudável, para receber da melhor forma.

Os crepes são tão bons, mas tão bons, que nunca mais me saíram da cabeça e, finalmente, enquanto esperávamos para entrar numa reunião, a Patrícia lá me passou a receita, com todo o entusiasmo e disponibilidade, tão lhe são características, com a “assustadora” introdução “faço a olho”.

Pois bem! Pensei, vou fazer, registo as quantidades e depois, se sair bem, partilho no blog.

Qual é o meu espanto quando dou por mim a fazer também tudo a olho, sem me lembrar de registar nada.

Passo a explicar exactamente o que me foi passado e se eu consegui, “agarrada” que sou a receitas, qualquer pessoa consegue.

Ingredientes (5 crepes):

– 1 ovo

– leite sem glutén, neste caso, de avelã sem adição de açúcar

– 1/2 farinha de aveia (ou alternativa) – Atenção, se for celíaco não arrisque utilizar uma farinha de aveia qualquer, deverá comprar uma que refira especificamente na embalagem “sem glúten”

– 1/2 farinha de arroz (ou alternativa)

– 1 molho de espinafres

– sal marinho

Preparação:

Colocam-se os espinafres a cozer a vapor. Entretanto bate-se o ovo e vai-se juntando o leite e a farinha até ficar com a consistência cremosa característica da massa de crepes. Depois de cozidos, espremem muito bem os espinafres com as mãos, até ficarem com o mínimo de água, nesta caso, piquei e juntei à mistura e mexi bem, mas na receita original, depois de se juntar à massa, tritura-se tudo e fica uma massa verde clarinha, mais apetecível aos olhos, sobretudo das crianças :-).

Processed with VSCOcam with f2 preset

Quanto ao recheio é inventar. Neste caso piquei tomate, pepino, beterraba, cenouras e iogurte sem lactose com coentros picados, uma colher de café de mel, uma colher de chá de mostarda dijon e sal.

Processed with VSCOcam with f2 preset

Resta-me desejar a mesma sorte que tive!

It’s Up to You!

Raquel

 

 

[EN]

SPINACH CREPES GLUTEN-FREE

 

I wanted to make these crepes for a long time, but lacked the most important part, the recipe. The first time I tasted it was at “Música no Salão”, the innovative concept of my friend Patrícia Vasconcelos, where she sings and delights, cooks, everything healthy, to welcome everyone in the best way.

The crepes are so good, but so good, that they never left my head and, finally, when we were waiting to get into a meeting, Patrícia gave me the recipe, with the enthusiasm and availability that are so characteristic of her, with the “frightening” introduction of “I do some eyeballing”.

Okay then! I thought, I’m going to do it, I keep record of the quantities and then, if it turns out fine, I’ll share it on the blog.

Imagine my surprise when I find myself doing some eyeballing too, without remembering to keep record of anything.

I’ll explain to you exactly what she told me and if I could do it, and I’m the “hang tight to the recipe” type, then anyone can do it.

 

Ingredients (5 crepes):

– 1 egg

– 1 gluten free milk, in this case, sugar-free hazelnut milk

– ½ oat flour (or alternative) – attention, if you’re celiac do not risk using any kind of oat flour, you should by one that says specifically “gluten-free” in the package

– ½ rice flour (or alternative)

– 1 bunch of spinach

– Sea salt

Preparation:

– Steam the spinaches. Meanwhile, whisk the egg and keep adding milk and flour until you get a creamy consistency, characteristic of crepes batter. Once cooked, squeeze well the spinaches with your hands, until it gets a minimum of water, in this case, I chopped and added it to the mix and stirred it well, but in the original recipe, after adding it to the batter you’ll have to ground everything and then you’ll get a light green batter, more appealing to the eye, especially for children’s eye J

 

As for the filling, you’ll have to make up something. In this case, I chopped a tomato, a cucumber, beets, carrots and free lactose yogurt with chopped coriander, one teaspoon of honey, one teaspoon of Dijon mustard and salt.

I can only wish you the same luck I had!

It’s Up to You

Raquel

2 thoughts on “Crepes de Espinafres “Sem Glúten””

  1. Adriana Pereira diz:

    Olá ❤ relativamente à farinha de arroz, costuma comprar ou faz em casa? Obrigada e já agora ótimo aspeto 😊

    1. Raquel Fortes diz:

      Olá Adriana,
      Obrigada 🙂
      Costumo comprar a farinha de arroz integral crua da Próvida e mais recentemente comprei no Biomercado (Perto do Saldanha) uma farinha de arroz Integral de produção biológica e, sem glúten, da marca Reis Mehl, Vollkorn.
      Beijinhos,
      Raquel

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

code