* DÁ FORMA A UM ESTILO DE VIDA SAUDÁVEL *

Ir ao supermercado, um desafio superado?

image

03/11/2014

Sejam compras diárias, semanais ou do mês, as contas do supermercado somadas representam sempre uma “boa” fatia do orçamento financeiro de cada um. No entanto, há diversas formas de minimizar as despesas de supermercado em géneros alimentícios e ao mesmo tempo, praticar uma Alimentação saudável e equilibrada. Junte o útil ao agradável com as nossas dicas!

Antes de sair de casa:

– Faça a sua lista com os alimentos e produtos que para si são prioritários e guie-se por ela enquanto faz as suas compras, evitando a compra do que é desnecessário.

– Faça sempre um pequeno lanche antes de ir ao supermercado. Se está há pelo menos 3 horas sem comer, a fome desperta e torna-se dominante recaindo sobre os produtos açucarados, gordos e cheios de sal. Com fome vai-se o bom senso e a capacidade de autocontrolo!

– Prefira ir sozinho às compras. Assim não sai do seu propósito! Uma companhia, especialmente as crianças podem ser uma forte influência (negativa!) na compra de produtos desnecessários, na sua maioria pouco saudáveis. Lembre-se: as crianças são Mestres genuínas em matéria de persuasão!

– Estipule um período de tempo médio para as suas compras, período esse que não deverá ultrapassar, considerando claro os seus 10’ de tolerância! Desta forma será mais activa e despachada nas suas compras, evitando a compra de produtos supérfluos. Acabou de ter um “déjà-vu”?

A escolha certa:

– Evite a dita “comida de plástico”. Resista à compra de refeições pré-preparadas, pré-congeladas, doces e afins, apresentadas em embalagens apelativas que enchem as prateleiras estrategicamente posicionadas, ao nível dos olhos, por forma a seduzir e encantar o consumidor! Estes produtos são processados, na sua composição oferecem tudo o que não precisamos, gorduras “más”, designadamente “Trans”, açúcares sob diversas formas, refinado, xarope de milho, sacarose, etc. A relação entre o valor nutricional e o preço destes produtos é nulo e negativo se pensarmos exclusivamente em termos de saúde! Aqui, impera a exceção e nunca a regra!

– Prefira água, sumos de fruta 100%, polpa de fruta fresca ou congelada, chás diversos. Evite os refrigerantes e bebidas altamente açucaradas.

– Opte por Leite meio gordo, iogurtes naturais ou de aroma – magros. Em alternativa ao leite as bebidas de amêndoa, coco ou arroz.

– Privilegie o peixe! Fresco ou congelado está no podium das melhores fontes de proteína, junto dos ovos e carnes magras (frango, peru, coelho).

– Escolha alimentos ricos em fibra! Produtos hortícolas (legumes e vegetais) e fruta! Depois os cereais completos ou integrais – aveia (flocos), cevada (flocos), arroz tufado (flocos), arroz integral, massa integral, pão de mistura (aveia, arroz, trigo, centeio, alfarroba).

– Introduza na confecção dos alimentos ervas aromáticas e especiarias. Substitua o sal por flor de sal.

Pode e deve escolher produtos de 1ª necessidade marca branca: iogurtes, leite, sumos 100%, conservas de atum (em água), ovos, arroz, frutos secos, sementes diversas, etc. São mais económicos e com qualidade.

Dê atenção aos rótulos, especificamente gorduras e açúcares. Quanto menos ingredientes tiverem mais equilibrado são!

Se no fim, os alimentos naturais (sem rótulo) ultrapassarem os embalados com rótulo, sorria e ponha os braços no ar porque saiu vencedora na sua corrida ao supermercado J

It’s UP to YOU!

Joana Ávila _ Nutricionista

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

code