* DÁ FORMA A UM ESTILO DE VIDA SAUDÁVEL *

Preparação para a maratona _ 1 mês depois!

Processed with VSCO with f2 preset

Passou-se um mês desde a última vez que escrevi sobre a preparação para a maratona de Bilbao em Outubro, altura em que tive a primeira consulta com o Dr. Arnaldo Abrantes. Tenho vindo a partilhar os treinos no Instagram, que por sinal andam muito por baixo, já explico porquê mais à frente, e depois falta-me disponibilidade para me sentar e escrever mais a fundo sobre tudo o resto.

Desde então, com férias pelo meio, houve tempo para uma consulta de podologia com o Dr. Helder Neves, fazer análises ao sangue e urina, eletrocardiograma, prova de esforço, raio x, um Teste de Cooper com o Personal Trainer (PT) António Costa, com um bom resultado, de 2400m em 12 min., uma consulta com o Nutricionista Marco Pereira, especializado em nutrição desportiva e uma avaliação e tratamento com a fisiatra Filipa Cabrita, todos profissionais da Clinica Athletika.

Depois da avaliação feita e de um bloqueio no sacroiliaco esquerdo, que afetou todo o lado esquerdo do corpo, e a diminuição do ritmo de treinos deste último mês, após a sessão de fisioterapia matinal que desbloqueou tudo e tirou as dores que me perseguiam há semanas, estou pronta para começar amanhã o plano de treinos com o PT António Costa. Depois It’s Up to Me seguir o plano de treinos e fazer uma avaliação quinzenal!

Ao ditado “para morrer é preciso estar vivo”, acrescento, para ter algum desafio ao nível da saúde é preciso viver, e só sabe o que tem quem faz exames médicos e análises. Lá está, fiz e descobri que tenho défice de iodo no organismo, que é um dos sintomas de hipotiroidismo, o que não é de espantar porque é hereditário e existem vários casos familiares. Mas não é impedimento nenhum para a corrida, até pelo contrário, é bom que corra e me alimente bem, uma vez que o metabolismo fica mais lento, pode existir maior fadiga, sonolência, lentidão muscular, possível aumento de peso, e nada melhor para contrariar tudo isto do que ter um estilo de vida saudável!

Outra novidade é que apesar de me andar a convencer que o meu aumento de peso era devido ao aumento de massa muscular, após a consulta de nutrição vim com mais um desafio pela frente, perder 3 quilos num mês e meio! Se primeiro fiquei desmoralizada, por outro lado apetece-me ficar mais leve para correr mais rápido e não ter problemas em escolher o biquini!

Por agora é tudo e já não é pouco!

It’s Up to You

Raquel

 

 

 

One thought on “Preparação para a maratona _ 1 mês depois!”

  1. Andreia diz:

    Admiro imenso a tua tenacidade e organização, posto isto venho te transmitir muita força, muita energia positiva para que completes este pequeno grande triunfo. O ano passado completei a minha primeira maratona, depois de uma primeira meia maratona em que me senti bem sucedida a maratona foi um desastre, cometi todos os erros que há a cometer, treinei sozinha, treinei mal, engordei nas ultimas semanas, corri depressa demais no início e acabei a prova a andar os últimos 12km com uma dor excruciante no joelho direito. Lição aprendida, feridas lambidas, agora é tempo de preparar a próxima 😉

    Beijinhos e boas corridas

Deixe uma resposta