* DÁ FORMA A UM ESTILO DE VIDA SAUDÁVEL *

Preparação para a maratona _ 1 mês depois!

Processed with VSCO with f2 preset

Passou-se um mês desde a última vez que escrevi sobre a preparação para a maratona de Bilbao em Outubro, altura em que tive a primeira consulta com o Dr. Arnaldo Abrantes. Tenho vindo a partilhar os treinos no Instagram, que por sinal andam muito por baixo, já explico porquê mais à frente, e depois falta-me disponibilidade para me sentar e escrever mais a fundo sobre tudo o resto.

Desde então, com férias pelo meio, houve tempo para uma consulta de podologia com o Dr. Helder Neves, fazer análises ao sangue e urina, eletrocardiograma, prova de esforço, raio x, um Teste de Cooper com o Personal Trainer (PT) António Costa, com um bom resultado, de 2400m em 12 min., uma consulta com o Nutricionista Marco Pereira, especializado em nutrição desportiva e uma avaliação e tratamento com a fisiatra Filipa Cabrita, todos profissionais da Clinica Athletika.

Depois da avaliação feita e de um bloqueio no sacroiliaco esquerdo, que afetou todo o lado esquerdo do corpo, e a diminuição do ritmo de treinos deste último mês, após a sessão de fisioterapia matinal que desbloqueou tudo e tirou as dores que me perseguiam há semanas, estou pronta para começar amanhã o plano de treinos com o PT António Costa. Depois It’s Up to Me seguir o plano de treinos e fazer uma avaliação quinzenal!

Ao ditado “para morrer é preciso estar vivo”, acrescento, para ter algum desafio ao nível da saúde é preciso viver, e só sabe o que tem quem faz exames médicos e análises. Lá está, fiz e descobri que tenho défice de iodo no organismo, que é um dos sintomas de hipotiroidismo, o que não é de espantar porque é hereditário e existem vários casos familiares. Mas não é impedimento nenhum para a corrida, até pelo contrário, é bom que corra e me alimente bem, uma vez que o metabolismo fica mais lento, pode existir maior fadiga, sonolência, lentidão muscular, possível aumento de peso, e nada melhor para contrariar tudo isto do que ter um estilo de vida saudável!

Outra novidade é que apesar de me andar a convencer que o meu aumento de peso era devido ao aumento de massa muscular, após a consulta de nutrição vim com mais um desafio pela frente, perder 3 quilos num mês e meio! Se primeiro fiquei desmoralizada, por outro lado apetece-me ficar mais leve para correr mais rápido e não ter problemas em escolher o biquini!

Por agora é tudo e já não é pouco!

It’s Up to You

Raquel

 

 

[EN]

preparation for the marathon _ 1 month later!

It’s been a month since the last time I wrote about preparing for the Bilbao Marathon in October, time when I had my first appointment with Dr. Arnaldo Abrantes. I have been sharing my trainings on Instagram, which by the way have been very low, I’ll explain why later, and then I lack time to sit and write in more depth about everything else.

Since then, with vacations in the middle, there was time for a podiatry appointment with Dr. Helder Neves, to make blood and urine tests, ECG, stress test, x-ray, a Cooper Test with the Personal Trainer (PT) Antonio Costa, with a good result, of 2400m in 12 min., an appointment with the nutritionist Marco Pereira, specialized in sports nutrition and an evaluation and treatment with the physiatrist Filipa Cabrita, all professionals of Athletika Clinic.

After the evaluation and a blockage on the left sacroiliac, which affected all my left side of the body, and the slowing down of the trainings practice of this last month, after the morning session of physiotherapy that unblocked everything and took away the pain that haunted me for weeks, I’m ready to start tomorrow the training plan with PT António Costa. Then It’s Up to Me to follow the training plan and make a fortnightly evaluation!

To the saying “to die, one must be alive”, I add, to have some challenge in terms of health it’s necessary to live, and only those who make medical tests and analysis know what they have. And there it is, I made it and I’ve discovered that I have iodine deficiency in the body, which is one of the symptoms of hypothyroidism, which is not surprising because it is hereditary and there are several cases in the family. But it is no impediment for running, to the contrary, it’s better if I ran and feed me well, since the metabolism slows down, there may be greater fatigue, drowsiness, muscle slowness, possible weight gain, and nothing better to contradict all this than having a healthy lifestyle!

Another novelty is that, although I tried to convince myself that my weight gain was due to increased muscle mass, after the nutritional appointment I came up with another challenge ahead, lose 3 kilos in a month and a half! If first I was demoralized, on the other hand, I feel like getting lighter to run faster and not have problems choosing the bikini!

For now it is all and is no small thing!

It’s Up to You

Raquel

One thought on “Preparação para a maratona _ 1 mês depois!”

  1. Andreia diz:

    Admiro imenso a tua tenacidade e organização, posto isto venho te transmitir muita força, muita energia positiva para que completes este pequeno grande triunfo. O ano passado completei a minha primeira maratona, depois de uma primeira meia maratona em que me senti bem sucedida a maratona foi um desastre, cometi todos os erros que há a cometer, treinei sozinha, treinei mal, engordei nas ultimas semanas, corri depressa demais no início e acabei a prova a andar os últimos 12km com uma dor excruciante no joelho direito. Lição aprendida, feridas lambidas, agora é tempo de preparar a próxima 😉

    Beijinhos e boas corridas

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

code