* DÁ FORMA A UM ESTILO DE VIDA SAUDÁVEL *

Sumo Verde Pós-Corrida

Processed with VSCOcam with f2 preset

Domingo foi dia de corrida “Até ao Fim da Europa”, a apelidada “corrida mais bela do mundo”.

Corrida Até ao Fim da Europa 2016 (7)

Não fosse a paisagem espectacular de Sintra ao Cabo da Roca para distrair a mente e ninguém aguentava, primeiro a subida íngreme dos primeiros 4km no início da prova, e por fim, a parede ao “km 10”, que “acaba” com qualquer um!

A recompensa chega “km 11” e temos pela nossa frente uma descida de seis quilómetros até à meta. A ligeira mudança do fim da prova, uns 100 metros à frente do previsto, faz toda a diferença, ao envolver mais uma “pequena” subida que mais parece ter de um quilómetro.

Resumindo, não sei se as dores nas pernas foram das subidas se das descidas, o que sei é que por norma a meio das provas me pergunto sempre porque é que me meto naqueles filmes, e passados dois minutos de cortar a meta, já estou a pensar na próxima corrida :-).

Se as pernas e o corpo deixarem, a próxima será no próximo Domingo, mas para isso é preciso que os músculos voltem ao lugar, descanso, treinar um pouco, e ver como me sinto no dia anterior à prova. Sem stress… o que tiver de ser, será!

O gengibre foi o ingrediente escolhido para sumo pós-corrida, pelo seu poder anti-inflamatório.

Ingredientes:

– 1/2 manga madura

– 1/2 banana

– 1 mão cheia de espinafres

– 1 col. de sopa de rapas de gengibre

– 1 chávena de frutos vermelhos

Preparação:

Juntar todos os ingredientes no copo da liquidificadora e triturar durante 1 minuto.

It’s Up to You!

Raquel

Corrida Até ao Fim da Europa 2016 (4)

Corrida Até ao Fim da Europa 2016 (2)

 

[EN]

 

POST-RUN GREEN JUICE

Sunday was the day of the race “Até ao Fim da Europa” (Until the end of Europe), the so called “most beautiful race in the world”.

 

If it wasn’t for the amazing view from Sintra to Cabo da Roca to distract the mind, no one could have stand the steep climb of the first 4 km at the beginning of the race and the wall at the “10 km”, which finishes anyone!

The reward for all the effort comes when we got to the “11 km” and we have a 6 km downhill to the finishing line. The slight change of the finishing line location, for about 100 meters ahead, made all the difference, because it meant another short climb that seemed like it had 1 km.

In short, I don’t know if the leg’s pain were from the uphill or downhills, what I know is that in the middle of the races I always wonder why I keep putting myself in these challenges, and after 2 minutes of crossing the finishing line, I’m already thinking about the next race :).

If the legs and the body let me, the next race will be next Sunday, but this requires to get the muscles right, get some rest, practice a little more, and see how I feel the day before. No stress. What it’s meant to be, will be!

Given the above, ginger was the mandatory ingredient of this juice, due to its anti-inflammatory effect to relieve joint pain.

Ingredients:

– 1/3 ripe mango (large)

– ½ banana

– 1 handful of spinach

– 1 tsp of ginger zest

– 1 cup of soft fruit

Directions:

Add all ingredients in the blender jar and grind for 1 minute.

It’s Up to You!

Raquel

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

code