* DÁ FORMA A UM ESTILO DE VIDA SAUDÁVEL *

Vantagens do Treino Funcional Metabólico

Processed with VSCOcam with c2 preset

O mês de Novembro está a ser intenso! Começou com o desafio “30 dias sem açúcar”, que se mantém firme, ao qual acrescentei a estreia de um novo exercício, o Treino Funcional Outdoor com o PT Luis Pardal, resultado da ação promovida pelo Eat Love.

O Treino Funcional, que já ouvia falar há algum tempo sem saber ao certo no que consistia, é baseado em ações do nosso do dia-a-dia, tais como: subir, descer, puxar, empurrar, levantar, saltar, correr, entre outros movimentos que fazemos ao longo do dia e que nem nos apercebemos. Visa a melhoria da postura, do equilíbrio e desenvolve a coordenação motora, a flexibilidade, a agilidade, a força e, melhora ainda, o sistema cardio-respiratório.

É também caracterizado pela realização de trabalho apenas com o peso do corpo, como é por exemplo o walking lunge (andar com as pernas agachadas), no entanto, podemos adicionar carga. Como equipamentos, usa-se essencialmente halteres, cordas, kettlebells, barras, bolas, fitas, TRX e cabos, ao contrário do treino tradicional de musculação focado no apoio das máquinas.

Todos estes ganhos são possíveis porque este tipo de treino funciona em diferentes planos, baixo, médio e alto, bem como na horizontal e na vertical.

Podemos ainda trabalhar o funcional em alta-intensidade ou em circuitos metabólicos, dependendo da estrutura do treino e de como o realizamos.

Assim, os circuitos metabólicos, os chamados treinos de curta duração, tal como os de alta intensidade (HIIT), promovem o ganho de massa muscular e a redução da gordura corporal, cuja principal característica é alternar exercícios de musculação, com exercícios funcionais e exercícios aeróbicos com o mínimo de pausas possíveis de descanso durante o treino.

E deixo para o fim a maior das vantagens! Os treinos funcionais de circuito metabólico queimam muitas calorias na altura em que estamos a fazer os exercícios, mas também e até 2h depois do treino. Esta eficiência é resultado da aceleração do metabolismo, onde o segredo está em ser um treino com sessões rápidas, intensas e com pouco descanso.

Processed with VSCOcam with f2 preset

 

Processed with VSCOcam with f2 preset

IMG_1645

Três dos quatros treinos funcionais outdoor estão feitos, e já dou por mim a pensar como vou conciliar a continuidade deste exercício com a corrida e as aulas de ginásio.

Next year will see! New year, new life!

It’s Up to You!

Raquel

Fontes:

– Informações cedidas pelo PT Luís Pardal

– Consulta de informação: http://personaltrainnerelisandria.blogspot.pt/

 

 

[EN]

WHAT IS THE BIGGEST ADVANTAGE OF FUNCTIONAL METABOLIC TRAINING?

The month of November is being intense! It started out with the “30 days without sugar” challenge, which remains firm by the way, to which I added the debut of a new workout, the Outdoor Functional Training with the PT Luís Pardal, result of the action promoted by Eat Love.

The Functional Training, which I’ve heard of for a while unsure of what it consisted of, it’s based on every day actions, such as: walking up, walking down, pulling, pushing, lifting, jumping, running, among other movements that we do throughout the day and we don’t even realize. It aims to improve posture and balance and it develops coordination, flexibility, agility, strength and, better yet, the cardio-respiratory system.

It’s also characterized by working only with the body weight, as for example the walking lunge (walking with squat legs), however, we can add some load. As equipment, it’s used essentially dumbbells, ropes, kettlebells, bars, balls, bands, TRX and cables, unlike the traditional strength training focused on the support of machines.

We can still work the Functional in high-intensity or in metabolic circuits, depending on the structure of the training and how we perform it.

This way, metabolic circuits, so-called short-term training, such as high intensity trainings (HIIT), promote muscle mass gain and reduce body fat, whose many characteristic is to alternate weight training exercises with functional and aerobic exercises with the least possible breaks during training.

And I leave to the end the biggest advantage! Functional metabolic circuit trainings burn a lot of calories at the time we’re doing the exercises, but also until 2 hours after the workout. This efficiency is a result of metabolism acceleration, where the key is to be a workout with fast intense sessions and with little rest.

Three of the four outdoor functional trainings are done, and I already find myself thinking how I will reconcile the continuity of this exercise with running and gym classes.

Next year we’ll see! New year, new life!

 

It’s Up to You!

Raquel

 

Sources:

– Information provided by PT Luís Pardal

– Referral of information: http://personaltrainnerelisandria.blogspot.pt/

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

code