* DÁ FORMA A UM ESTILO DE VIDA SAUDÁVEL *

Cinco dias, cinco ofertas vegan em Lisboa

Não foi propositado, nem previamente planeado, mas acabou por acontecer. E foi muito bom perceber que conseguimos “tropeçar” e ser surpreendidos por oferta vegan na cidade de Lisboa.

Segunda-feira estava a estacionar o carro para os lados da Rua Rodrigues da Fonseca, quando vejo me deparo com a montra do Foodprintz, e percebi logo pelo ambiente e decoração, mesa de madeira corrida, a dar para a rua, que devia ser um restaurante de alimentação saudável. O prato do dia era Risotto de beringela e queijo vegan e estava tão bom que fiquei saciada até à noite. Um ambiente descontraído, numa onda muito ioga, sendo que dão aulas desta prática alguns dias por semana, e com um menu delicioso com dicas para nos prepararmos para o frio do inverno. Ah, e todos os dias têm bolachas diferentes. Perguntem qual é a do dia e deliciem-se na altura do café.

Na terça-feira fui conhecer o Quintal de Santo Amaro, da querida Larissa, que conheci quando esta frequentou o workshop Style Up Your Food, e me contou que estava a frequentar o Mestrado em Ciências da Alimentação e que era uma verdadeira apaixonada pela alimentação saudável. A grande surpresa e novidade deste espaço é vender as refeições em boxes para pegar e levar, se resistir em não ficar, porque apesar de muito pequeno é extremamente acolhedor e com pormenores de decoração muito bonitos, e se se cruzar com a Chef Larissa, conversa não vai faltar :-).

Além da box, disponibilizam diariamente umas tostas com um aspeto delicioso e têm sempre sumos do dia e sobremesas vegan.

Na quarta-feira, antes de seguir para o Websummit,  ainda fui arranjar umas unhas que se tinham estragado, e como já era meio da manhã, aproveitei para almoçar na chamada “sala de espera do cabeleireiro” como a TimeOut referiu neste artigo. O Fifty Fifty Lisboa abriu à cerca de um mês e meio, com uma oferta saudável muito variada e orgulhosamente inspirada no livro “Crianças Saudáveis, Famílias Felizes”. Nesse dia um dos pratos do dia era Lasanha Vegetariana, mas como ainda era cedo optei por almoçar uma tarte de legumes acompanhada de salada, com sumo de ananás e gengibre e mousse de cacau e abacate, uma perdição…

Quinta-feira, e já vamos a mais de meio da semana, desafiei os meus “parceiros” do Websummit para irmos almoçar ao Miss Saigon, cozinha vegetariana do mundo, que apesar de já ter ouvido bem e menos bem, me surpreendeu muito pela positiva. Pedimos o prato do dia de degustação, que estava muito bom e terminámos com um sortido de sortido de sobremesas maravilhoso. Ponto a desfavor, receção um pouco stressante, mood que não estamos habituados a viver nestes espaços ligados a uma vida mais calma.

Por fim, e para terminar a semana vegan, fui ao Água no Bico, que os sigo desde a abertura, mas que não tinha tido ainda oportunidade de conhecer. Não é um restaurante vegan, mas paleo, veggie, raw, sugar free pastry e glúten free. Sendo a minha semana de almoços vegan, optei por um caril de cogumelos acompanhado de uma salada muito colorida e saborosa. O sumo do dia estava pouco saboroso, pena, e os doces saudáveis ficaram para a próxima visita que será muito em breve.

E aqui fica o registo de cinco locais que aconselho, em locais completamente diferentes da cidade de Lisboa, o que demonstra que hoje em dia, em qualquer parte da cidade que estamos, temos quase de certeza uma oferta vegan por perto.

Uma boa semana e muito foco numa vida o mais saudável possível.

It’s Up to You!

Raquel

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

code