* DÁ FORMA A UM ESTILO DE VIDA SAUDÁVEL *

Objetivos do ano. Um mês já está! (Parte I)

Janeiro costuma ser um mês que se sente mais longo do que os outros, a meu ver porque chegamos já cansados das festividades do fim do ano, natal e passagem de ano. Ganhamos novo fôlego, ao logo da primeira semana, quando nos agarramos com unhas e dentes aos objetivos que nos propomos para o novo ano!

Os meus objetivos para 2019 ainda foram alguns. Dividi-os em: Pessoal, Saúde, Viagens e Profissional. Não vou descrevê-los, mas posso adiantar que muitos dos objetivos pessoais se transformam em “profissionais”, desde que tenho o blog, porque vou buscar as respostas a quem sabe, e ainda desafio outras pessoas com os mesmos objetivos a juntarem-se ao desenvolvimento do mesmo (não sei se mês fiz entender, mas quem me conhece melhor, sabe do que falo).

Foi um bom mês em termos de exercício físico. Apesar de não ter cumprido o plano de treinos, este ano apliquei a regra do overbooking, assim se falhar alguns, não fico tão aquém do que é suposto. Mais alguém por aí a pensar assim? Comecei os treinos de PT intercalando com os treinos de corrida e aulas de Yoga. A natação é que ficou adiada para o mês de fevereiro.

Houve ainda duas provas de corrida, 12kms em modo “todo o terreno” em São Bento, perto de Alcácer do Sal e a “Corrida Fim da Europa”, 17kms num looping de sobe e desce.

A primeira prova foi feita em modo de treino, sem stress e sem expectativas, já a segunda, apesar de não ter havido treinos de subidas e das expectativas serem muito baixas, há sempre aquele bichinho da superação que nos bate à porta e que não deixa de bater até nos resolvermos internamente e aceitarmos as evidências. Como diz o Bruno Brito, da Life Center, parceiro técnico do Team, “sem trein específico fica mais difícil”.

O que fica desta prova é o verde da natureza sempre presente (se resistirmos à tentação de olhar para baixo nas subidas e só vermos o alcatrão), o ar puro que se respira, o tempo espetacular do Ricardo, que em dois anos baixos 15’ ao tempo da última prova e a maravilhosa companhia do Team e especialmente da Sofia, a minha companheira de guerra em maratonas e todas as provas que entramos juntas. Vou chegar ao fim da vida a dever-lhe umas boas horas que ela passa a correr só porque vai ao meu lado (sim, ela é daquelas pessoas que nasceram com o dom da corrida, têm passada leve e, com pouco ou muito treino, correm sempre de forma fluida.

 

Ainda houve treino mensal do Team It’s Up to You aberto a convidados, que não são nem mais nem menos do que simpatizantes do Team que demonstram vontade em correr connosco e claro, experimentar as bolachas :-). Quem sabe um dia não acabam por ficar. Tudo vai depender da vontade que têm em continuar a correr.

Bolachas de cacau

Termino com os meus objetivos desportivos para 2019, que ao ficarem por escrito e publicados vai ser mais difícil de me esquecer deles, estes são: duas maratonas, uma por semestre. A primeira vai ser uma estreia desta distância em Portugal, na Maratona da Europa  em Aveiro, e a segunda ainda está por definir. Aceitam-se sugestões de maratonas lá fora que, tal como a de Valência, sejam inesquecíveis. Para terminar e entre as duas provas longas, há uma grande vontade de fazer o Sprint do Triatlo de Oeiras, 700m a nadar, 20kms de bicicleta e 5kms a correr. Quem se junta?

Desafio-vos e ficaria muito feliz se partilhassem os vossos objetivos desportivos para 2019 e, quem sabe se não são conciliáveis com os meus ou com alguém do Team!

It’s Up to You!

Raquel

Deixe uma resposta