* DÁ FORMA A UM ESTILO DE VIDA SAUDÁVEL *

SHARE YOUR HEALTHY MOOD _ 14º _ Sportive Guy

FullSizeRender (1)

Depois do último testemunho de uma “cool girl” atenta a uma alimentação saudável, por vezes relacionada com preocupações ambientais, partilhamos hoje o testemunho de um desportista nato, que sabe utilizar a alimentação como fonte de energia em função da atividade física que pratica.

Idade: 39 Anos

Profissão: Empresário

1 – Num dia de semana, sem muito tempo, o que costuma tomar ao pequeno-almoço? E nos dias que tem mais tempo?

Uma colher de sopa de chia com água ou corto uma laranja em quatro partes (sem tempo).

Aveia com leite de avelã ou amêndoas, junto maça ou banana com canela.

Com muito tempo faço porridge acompanhado de frutos secos demolhados durante a noite em água, ameixas, passas, pêssegos, amêndoas, e o que mais houver.

2 – Qual a refeição do dia que dá mais importância e porquê?

O jantar. Porque é uma altura mais relaxada do dia, onde tenho tendência para excessos.

3 – Costuma beber às refeições? O quê? E durante o dia?

Sim, água, vinho, tisana, e Coca-Cola zero (sei que faz mal mas tive um médico no Brasil que receitava esse refrigerante sempre que doía a barriga, fiquei viciado).

4 – Qual o alimento que não passa muito tempo sem comer?

Fruta.

5 – Qual a “relação” que tem com os legumes? Fazem parte do seu dia-a-dia?

Convivemos diariamente de várias formas. Somos bons amigos.

6 – Comes só quando tem fome?

Não.

7 – Faz exercício físico? Quantas vezes por semana? Qual/quais? 

Todos os dias. Tenho muitos desportos para diferentes estados de espírito. Regularmente corro, danço, faço surf e ginásio. Também pratico, mas de uma forma mais irregular, crossfit, padel, squash, yoga e agora quero experimentar ginástica natural.

8 – Quando está num pico de stress, pensa, agora punha tudo de lado e ia … (fazer o quê)?

Nessas situações faço meditação Vipassana.

 

Parecer da Nutricionista Joana Ávila:

 Olá Tiago!

Agradecemos a sua colaboração e partilha. Pelo que posso concluir, depois de ler atentamente as suas respostas, é que a Energia que “entra” é sem dúvida de qualidade e será facilmente utilizada pelo organismo. Quando a nossa escolha alimentar recai sobre alimentos com perfil nutricional completo, com as melhores fibras, proteína e micronutrientes essenciais, o corpo responderá sempre com a absorção total dos nutrientes e sua utilização máxima, em vez de acumular energia extra desnecessária.

Deixo apenas um conselho. É muito importante e até desafiante aprendermos a “negociar” connosco. Se o jantar é para si a refeição do dia que mais atenção lhe desperta e tendo também, reconhecido que é nela que há normalmente tendência para excessos, fica a proposta no ar, tendo a semana 7 dias, opte por privilegiar o jantar 2 a 3 vezes por semana e nos outros dias fazer dela uma refeição de fácil digestão e ligeira. Inclua sempre uma boa fonte proteica – proteína animal (peixe, ovos, iogurte ou iogurte grego ligeiro natural s/açúcar, requeijão) e proteína vegetal (leguminosas – feijão, lentilhas, etc. e tofú, oleaginosas – sementes e frutos secos) e uma boa fonte de hidratos de carbono, por exemplo a sopa, saladas cruas, legumes e vegetais em crú ou cozinhados e/ou temperados com azeite, especiarias e ervas aromáticas, quinoa, fruta (e fruta desidratada), gelatina (sem açúcar) e por aí fora … de acordo com o que o corpo e espírito “pedirem” naquele momento.

Resta-me dar os Parabéns pela seu conhecimento e escolha de determinados alimentos considerados hoje com um perfil nutricional ideal, realço a CHIA, no que respeita aos nutrientes essenciais que fornecem,  que nos mantêm bem nutridos, saciados e sempre aptos para a prática de atividade física, condição essencial para uma Vida Boa e Saudável :-).

It’s Up to You!

Joana Ávila _ Nutricionista

 

 

 

Deixe uma resposta